sábado, 25 de julho de 2009

Dia de Mar

Fotografia Helena Frias

A autora de a Menina do Mar, entre outros, deixou escrito, um conto infanto-juvenil, que até hoje nunca foi publicado em livro. É intenção da família que seja editado brevemente e faz parte do espólio que está a ser inventariado, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, no qual se encontram setenta caixas com muitos outros textos inéditos, entre os quais vários poemas.
Shophia de Mello Breyner, poetisa, evoca-se aqui na altura em que se perfazem cinco anos sobre a sua morte.



As ondas quebravam
uma a uma
eu estava só com a areia
e com a espuma
do mar que cantava só para mim


Dia do Mar , Sophia de Mello Breyner

4 comentários:

Paula disse...

Curiosa em relação ao conto.
Fico a aguardar a sua publicação.
Cumprimentos.

Helena disse...

Olá Paula,gostamos de a ter por aqui. Fizemos uma visita ao seu blog e gostamos muito. Já cá está o link.
Cumprimentos.

Paula disse...

Obrigado :)

Maninha disse...

conheço essa rochas do porto da caloura, ou melhor, conhecia, porque já foram substituídas por um molhe de BETÃO :(