terça-feira, 28 de julho de 2009

Costela Açoriana


"Sempre sonhei. Sempre ouvi a frase fatal: tem os pés na terra! Mas com os pés na terra, não se voa. Sempre sonhei voar. Como o Buzz Lightyear, do Toy Story, sempre quis ir até ao infinito e mais além.
Como professor universitário foi o que fiz, mas, quando com os meus co-fundadores criei a YDreams, percebi que era essencial combinar o «voo do sonho» com os pés na terra. Como vencer a ausência de perspectiva, a aversão ao risco, a falta de autoconfiança e a tendência para criticar em vez de gerar ideias pervasivas na nossa sociedade?"
Temos a inteligência e as ferramentas essenciais para «voar», basta aprender a fazê-lo com qualidade.
António Câmara nasceu em Lisboa em 1954, mas sua mãe, Beatriz do Canto da Câmara, é natural de São Miguel, ilha onde mantém família próxima.Tem orgulho nas suas raízes açorianas (passava quase todos os anos férias nas Furnas), e já realizou vários projectos nos Açores. Lidera a YDreams, que é uma das referências mundiais na área das novas tecnologias. Licenciou-se em Engenharia Civil no instituto Superior Técnico, é professor catedrático na Universidade Nova de Lisboa. Doutorado em engenharia de sistemas ambientais na Virgínia Tech, ganhou em 2006 o Prémio Pessoa, e diz que “ as tecnologias vão desenvolver-se em cada vez mais sentidos, ao mesmo tempo que se vão tornar também cada vez mais “ invisíveis”.
António Câmara, acaba de publicar o livro Voando com os Pés na Terra (Editora Bertrand).

5 comentários:

Paula disse...

É bom ouvir/ler isso de um prof universitário "voando com os pés na terra", embora muitas vezes, seja preciso arriscar e da terra também levantar os pés...
Levar os alunos neste voo é também fundamental :)

Abraços!

Maninha disse...

n sabia q o sr. da ydreams tinha uma costeleta açoriana. mt bem :))

Paula disse...

De certa forma esta frase "Como vencer a ausência de perspectiva, a aversão ao risco, a falta de autoconfiança e a tendência para criticar em vez de gerar ideias pervasivas na nossa sociedade?"
Temos a inteligência e as ferramentas essenciais para «voar», basta aprender a fazê-lo com qualidade." fez-me lembrar as idéias defendidas por Augusto Cury. É bom constactar que existem professores universitários que não são apenas transmissores de saber, mas que incutem e que se preocupam pelo questionamento incessante.
Cumprimentos :)

Maria das Mercês disse...

Por vossa sugestão, fui ao site da Ydreams e fiquei fascinada. Admirável mundo novo, "indeed"!

Anónimo disse...

Eu estou a precisar de ler este livro:)
Madona