domingo, 28 de junho de 2009

A Estrada

Depois da aclamada adaptação de Este Pais Não é Para Velhos, pelos irmãos Coen, o romancista norte-americano, considerado pelo crítico Harold Bloom como um dos melhores escritores da actualidade, vê agora o seu décimo e último livro, A Estrada, adaptado ao cinema com realização de John Hillcoat, e protagonizado por Viggo Mortensen. Este romance apocalíptico, vencedor do Pulitzer 2007, foi considerado o melhor livro de ficção, publicado em 2006.
A Estrada, é a história verdadeiramente comovente de uma viagem, que imagina com ousadia um futuro onde não há esperança, mas onde um pai e um filho, “cada qual o mundo inteiro do outro”, se vão sustentando através do amor. Impressionante na plenitude da sua visão, esta é uma meditação inabalável sobre o pior e o melhor de que somos capazes: a destruição última, a persistência desesperada e o afecto que mantém duas pessoas vivas enfrentando a devastação total.


O autor nascido em Rhode Island, que detesta falar da sua escrita, estaria à conversa com Oprah Winfrey, e seria a primeira entrevista de Cormac McCarthy a uma estação televisiva. A visibilidade valeu a venda de milhares de cópias, e tornou A Estrada um dos livros mais populares do mundo.



3 comentários:

Anónimo disse...

Grande Livro para um dos maiores escritores do Sec. XX. Já leram por exemplo "Filho de Deus" ? Não há um livro de McCarthy que não preste mas "A Estrada"é uma masterpiece. A minha crítica no arquivos do moribundo : Ilhas aqui : http://ilhas.blogspot.com/2007/07/na-estrada.html
JNAS

Zé Carlos disse...

É de leitores atentos e interessados como o JNAS que vive o nosso blog.
Estamos na estrada:)
Um abraço

Maninha disse...

Esta estrada não é para fracos, com toda a certeza :)