sábado, 5 de maio de 2007

Ian Mcewan


Na praia de Chesil (esta a tradução de "On Chesil Beach") , assim se chama o novo romance deste escritor inglês, que vai já no seu 13º livro. Um livro pequeno , apenas com 128 páginas mas , perturbador o suficiente , e com profundidade até dizer chega.

Estamos numa noite de núpcias no início dos anos 60 , em Inglaterra, antes da revolução sexual, em que as personagens principais são, os inseguros Florence e Edward. Mcewan conta uma história de vidas transformadas por um gesto não feito ou uma palavra não dita.

Não podemos esquecer que Ian Mcewan é considerado, aos 58 anos, um dos mais brilhantes escritores britânicos da sua geração, quem não se lembra de " Expiação" ,( para mim é uma obra prima) ou ainda "Amesterdão".

Se nunca leu nenhum livro deste mágnifico escritor, tenha o prazer de o descobrir.
Boas leituras.

1 comentário:

Maninha disse...

Há muito que o descobri, graças às óptimas sugestões de leitura dos meus amigos livreiros ;)Na praia de Chesil apenas confirma o que já sabia. McEwan é bom, muito bom mesmo, e mal posso esperar pelo desfecho de mais esta delícia literária.