domingo, 1 de fevereiro de 2009

Cultura em Fiesta


Um relatório do INE, relativo ao consumo cultural e de lazer em 2007, indica que os açorianos gastaram em média anual 875€, ficando os Açores a quarta região do país que mais gasta nestas actividades (nada mau), no entanto ficamos por saber que áreas preferem. Numa altura em que a retracção dos patrocinadores de eventos é lamentada pelos agentes culturais, reflectindo já uma pobre programação das duas principais salas de espectáculos em Ponta Delgada. A informação disponível diz-nos que no país, dez milhões visitaram museus, e outros tantos viram espectáculos, sendo o cinema americano o preferido dos portugueses, apesar de sabermos que em 2008 houve uma quebra de 40% de espectadores. Nas receitas geradas, quem mais contribuiu foi a música ligeira com quase 30 milhões, seguida do teatro com 10,5 milhões.
A surpresa deste estudo, é que a tauromaquia rende mais do que a música erúdita, ora aqui temos um dilema para a nossa nova DRAC, que não é por acaso que está sediada na ilha Terceira (grande tourada).
Moral da história, 2007 abundante já era, 2009 será uma pega de caras com a crise.
Aos agentes culturais pede-se que sejam fundamentalmente produtores e não importadores.

5 comentários:

Lídia disse...

Aposto que os bilhetes para o futebol estão incluídos nessa média!

Vitor Marques disse...

José Carlos, 875 euros é o valor médio gasto por cada agregado familiar.
Analisando os dados do INE verifica-se que:
Nos ítems Equipamento e acessórios audiovisuais, fotográficos e informáticos e Outros artigos e equipamentos recreativos, de lazer e de distracção os Açores são a região que mais gasta; No item Serviços recreativos e culturais
(sejam lá quais forem
) os Açores estão em último lugar empatados com o Alentejo e com a região centro; no item Livros, jornais e outros impressos, os Açores estão em último lugar com cerca de 50% de todas as outras regiões; no item Viagens turísticas os Açores estão em penúltimo empatados com a região Centro e á frente do Alentejo.
Fácil de perceber o porquê do 4º lugar entre as sete regiões do estudo: Norte, Centro, Lisboa, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira.

Vitor Marques disse...

esta foto ilustra bem onde as familias açorianas gastam a verba com a cultura.
http://photos1.blogger.com/blogger/1802/326/1600/antenas.jpg

Anónimo disse...

Mais esclarecido é impossivel,para mal dos nossos pecados.

Maria B disse...

Isso é o que se chama "tapar o sol com a peneira". Que bom seria se esses 875 € se referissem efectivamente a gastos em cultura!